Categorias
SEO

Auditoria de SEO – Checklist completo

A realização de uma auditoria de otimização de mecanismo de pesquisa (Auditoria SEO) do seu site é importante por vários motivos. Primeiro, você pode identificar áreas problemáticas que precisam ser aprimoradas e criar um plano de ação para corrigi-las. Segundo, uma boa auditoria de SEO manterá seu site atualizado com os mais recentes desenvolvimentos no marketing de pesquisa e no topo da concorrência.

Eu sou especialista em SEO, já trabalhei em diversas auditorias de SEO para sites de empresas e franquias, negócios locais, portais de notícias, lojas virtuais e posso garantir que muitas coisas podem ser resolvidas a partir da auditoria. Neste artigo eu apresento em checklist para você avaliar o seu site. Precisa de uma consultoria para uma auditoria de SEO no seu site? Entre em contato comigo.

Antes de entrar em detalhes sobre como realizar uma auditoria de SEO, é necessário entender o significado e o que esperar como resultado final.

O que é uma auditoria de SEO?

Uma auditoria de SEO é um processo para avaliar a compatibilidade do mecanismo de busca de um site em várias áreas. Embora existam várias ferramentas que você pode usar para auditar um site em SEO, a melhor abordagem é realizar a auditoria seguindo um guia (como o que você está lendo agora) ou contratar uma Auditoria de SEO para fazer o trabalho por você.

O auditor de SEO revisará manualmente o site e apresentará recomendações sobre o que precisa ser corrigido (porque está errado) e o que precisa ser alterado para melhorar o desempenho do site nos mecanismos de busca .

Auditar o SEO regularmente

SEO é algo dinâmico: os sites mudam, os concorrentes mudam, os conteúdos mudam, a demanda dos usuários mudam, o Google muda.

As coisas mudam muito rapidamente no setor de SEO e o que está funcionando hoje pode não funcionar daqui a 6 meses. O Google supostamente faz milhares de atualizações em seu algoritmo de classificação por ano e uma auditoria de SEO ajudará você a permanecer sincronizado.

É necessário realizar auditorias regulares de SEO (pelo menos 2 vezes por ano) para garantir que seu site esteja atualizado com os últimos desenvolvimentos.

Como realizar sua própria auditoria de SEO?

Agora que você está convencido de que uma auditoria de SEO é essencial para todos os sites, vamos ver como você pode realizar sua própria auditoria.

Depois de ler quase todos os artigos disponíveis sobre como auditar o SEO em um site e testar várias ferramentas de auditoria, criei uma lista que cobre tudo o que você precisa verificar.

Checklist de auditoria de SEO

1 – Verifique as penalidades do Google

O primeiro passo é verificar se o seu site é penalizado pelo Google.

Se o seu site estiver sujeito a uma penalidade manual ou algorítmica, suas classificações serão afetadas negativamente.

Você deve descobrir quando a penalidade foi aplicada, por que seu site foi penalizado e criar um plano de ação para corrigir os problemas e remover a penalidade.

Três maneiras de verificar as penalidades do Google

Search Console – Ações manuais

Faça login no console de pesquisa do Google e selecione ‘Ações manuais’ no menu esquerdo. Se houver uma ação manual imposta em seu site, você poderá ver o motivo aqui.

Search Console – Desempenho

Confira no Serach Console no relatório de desempenho se aconteceu alguma queda abrupta nas impressões e posição média (e de clicks, consequentemente), como no exemplo abaixo.

Tráfego no Google Analytics

A terceira maneira é comparar o tráfego orgânico do Google com as datas em que o Google lançou uma alteração algorítmica. Uma queda repentina (ou aumento) no tráfego orgânico é um sinal claro de que seu site foi afetado pelas alterações.

O que fazer diante uma penalidade

Se os testes acima indicarem que você realmente está com problemas, a melhor abordagem é descobrir o máximo de detalhes possível sobre as atualizações do Google e ajustar sua auditoria de SEO de acordo.

Por exemplo, se um site é penalizado pelo Google por causa de conteúdo irrelevante, pobre (muito popular atualmente), na seção de auditoria de SEO na página, você deve verificar a qualidade do seu conteúdo e melhorar, redirecionar ou remover as páginas que não atendem aos padrões de qualidade.

2 – Aparência da pesquisa

O segundo passo é procurar o nome da sua marca no Google e revisar os resultados.

Coisas a verificar:

  • Sua página inicial aparece primeiro nos resultados?
  • O Google mostra sitelinks junto com sua listagem?
  • A descrição abaixo da sua página inicial e de outras páginas é precisa?
  • O Google mostra uma entrada do gráfico de conhecimento (Listagem do Google Meu Negócio) no painel direito da sua marca?
  • O nome e outras informações da sua página do GMB estão corretos?
  • O restante das páginas listadas na primeira página dos resultados do Google é relevante para sua marca?

Role até a parte inferior dos resultados e, em particular, a seção “pesquisas relacionadas”.

  • As ‘pesquisas relacionadas’ são relevantes para sua marca?
  • Você vê alguma pesquisa relacionada que possa utilizar criando páginas dedicadas? Exemplos típicos são ‘ comentários de marcas ‘.

O que fazer se os resultados da pesquisa forem ruins

Se você não receber uma boa listagem, como explicado acima, isso significa que há vários problemas no seu site.

A melhor abordagem é corrigir esses problemas antes de prosseguir:

  • Revendo e otimizando a estrutura do site
  • Analise o SEO da sua página inicial
  • Reivindique sua página do Google Meu Negócio, caso você tenha um negócio local, e verifique se todas as informações estão precisas e corretas

3 – Auditoria Técnica de SEO

A próxima etapa do processo é fazer uma revisão completa do seu site, começando com o SEO técnico .

O SEO técnico vem em primeiro lugar, porque você precisa garantir que os mecanismos de pesquisa possam acessar e indexar suas páginas sem problemas.

Não se preocupe, embora seja chamado de técnico , você não precisa ser um desenvolvedor ou administrador do sistema para seguir as etapas.

Checklist prático de SEO Técnico

Aqui está sua lista de verificação técnica de SEO. Se alguma das tarefas for difícil de entender, use os links fornecidos para obter mais informações.

O seu site está registrado no console de pesquisa do Google e nas ferramentas para webmasters do Bing?

Caso contrário, essa é uma prioridade.

O Google Search Console é uma ferramenta gratuita fornecida pelo Google que fornece informações aos webmasters sobre seus sites.

Tudo o que o Google sabe sobre o seu site está disponível nas várias opções e relatórios de ferramentas.

Coisas como:

  • Quantas páginas são enviadas ao Google e quantas páginas são realmente indexadas.
  • Para quais palavras-chave seu site está classificado.
  • Quais palavras-chave geraram tráfego do Google.
  • Segurança ou outros problemas de indexação relacionados ao seu site
  • Problemas de usabilidade em dispositivos móveis
  • E muitos mais.

Algumas das configurações / relatórios do console de pesquisa do Google serão abordadas abaixo. 

Definir domínio preferido no Google Search Console

O Google considera os sites que começam com www na frente do domínio, como https://www.example.com, e sem www na frente do domínio, como https://example.com, como dois sites diferentes.

Para evitar problemas de conteúdo duplicado, você deve especificar seu domínio preferido nas configurações do console de pesquisa do Google e do site.

Robots.txt otimizado

Todos os sites têm um robots.txt e é usado para controlar quais páginas devem ser acessíveis pelos rastreadores de mecanismo de pesquisa.

Um erro no robots.txt pode causar sérios problemas de indexação; portanto, a otimização do robots.txt deve estar alta na sua lista.

URLS amigáveis

Embora atualmente a maioria das plataformas de desenvolvimento de sites e CMS tenha isso configurado corretamente, é sempre uma boa prática revisar sua estrutura de URL e garantir que você tenha URLs amigáveis ​​para SEO.

Você deve verificar se os URLs de cada página são exclusivos e formatados corretamente. Por exemplo:

Este é um URL não otimizado: 
https://www.exemplo.com.br/app-20/conteudo/1213/58898

Este é um bom URL 
http:s//www.exemplo.com.br/nome-produto’

Os URLs bons incluem palavras-chave (mas não são palavras-chave), hífens (‘-‘) para separar as palavras-chave, são exclusivos para cada página.

A estrutura de URLs faz parte da Arquitetura da informação de um site e ajuda a organizar o conteúdo. A partir disso o Google pode entender melhor a relação e hierarquia dos conteúdos.

Menu de navegação ativado

O menu de navegação geralmente é mostrado na parte superior de uma página e ajuda os usuários a voltar para a página inicial seguindo os links do menu.

O Google sempre recomenda ter um menu de trilha de navegação, pois facilita a navegação no site para os usuários.

Verifique e verifique se o menu de navegação está configurado corretamente.

Dados estruturados

Atualmente, os dados estruturados no SEO são um tópico muito popular e continuarão sendo nos próximos anos.

Com a adição de marcação estruturada de dados a uma página, você ajuda o Google a entender o contexto e o significado do seu conteúdo, o que cria benefícios adicionais de classificação.

O Google usa dados estruturados para aprimorar a apresentação de um site nos resultados de pesquisa e nas pesquisas por voz (pense nas perguntas do assistente do Google).

Como parte da auditoria de SEO, verifique se os dados estruturados estão habilitados para:

  • Sua página inicial (logotipo, site e empresa)
  • Seus menus de navegação
  • Seus artigos
  • Seus produtos

Veja mais detalhes sobre dados estruturados e rich snippets e sobre dados estruturados e o que é suportado pelo Google.

URL canônico

Um URL canônico ajuda o Google a identificar as páginas mais importantes de um site e os webmasters podem usá-lo para lidar com problemas de conteúdo duplicado.

As melhores práticas de SEO indicam que todas as páginas do seu site devem ter um URL canônico. Leia este guia do Google para mais detalhes.

Página 404 otimizada

Uma página 404 é a página mostrada aos usuários quando eles atingem uma página que não foi encontrada no seu site.

Uma página 404 adequadamente otimizada é boa para uma experiência suave do usuário e é muito fácil de otimizar.

Basicamente ela deve ter:

  • Uma mensagem de erro
  • U convite a continuar no site
  • Um link para a home ou as principais páginas
  • Um campo de pesquisa interna

Sitemap XML

Um sitemap XML é uma lista de todas as páginas do seu site que o Google precisa conhecer.

O mapa do site XML é gerado pelo seu CMS e enviado ao Google pelo Google Search Console.

O mapa do site XML não deve conter todas as páginas do seu site, mas apenas as que são importantes para o seu site.

HTTPS

Https é um sinal de classificação conhecido . Isso significa que os sites que possuem um certificado seguro instalado e seus URLS começam com https têm uma vantagem sobre os sites não seguros.

Se o seu site ainda não é https, é uma tarefa a ser adicionada ao topo da sua lista.

Quando você faz o site https, certifique-se de fazê-lo corretamente para que seus rankings não sejam afetados.

Performance

Pela minha experiência conversando com clientes, lidar com a velocidade da página do site é uma das tarefas mais difíceis, pelo menos para usuários não técnicos.

Infelizmente, é também um dos fatores mais importantes de SEO e deve ser resolvido com êxito.

Estudo após estudo descreve a importância da velocidade da página (especialmente para dispositivos móveis) e como isso pode afetar seus rankings e taxas de conversão.

Seu site deve carregar rápido e de preferência mais rápido que seus concorrentes.

Existem ferramentas do Google que podem fornecer recomendações sobre a velocidade da página, mas em geral o que você pode fazer é o seguinte:

  • Comprima todas as imagens do seu site usando ferramentas como optimizilla ou squoosh (do Google). Essas ferramentas podem reduzir drasticamente o tamanho de uma imagem sem sacrificar a qualidade.
  • Se você tiver muitas imagens, considere usar um CDN
  • Minimize as chamadas HTTP usando sprites e cache do navegador
  • Minimize seu CSS e HTML para diminuir o tamanho
  • Use um plug-in de cache ou serviço de velocidade da página para veicular páginas em cache para os usuários.
  • Remova JavaScript desnecessário das páginas
  • Atualize para a versão mais recente do PHP.
  • Atualize seu site e software para as versões mais recentes.

Se a lista acima não faz muito sentido para você, é melhor contratar um desenvolvedor ou especialista em SEO para fazer o trabalho por você.

Não vai custar muito e é algo que você deve fazer se quiser melhorar seus rankings.

Site é compatível com celulares

Com o aumento do uso de dispositivos móveis, isso soa como uma pergunta desnecessária. Você esperaria que todos os sites agora sejam compatíveis com dispositivos móveis, mas esse não é o caso.

Existem sites ainda não otimizados para dispositivos móveis e isso se traduz em perda de tráfego e classificações.

Com a introdução do Google Mobile First Index , os sites que não são otimizados para celulares são “excluídos” das pesquisas para celular.

Seu ponto de partida é verificar seu site com a ferramenta de teste do Google e seguir as recomendações.

Páginas AMP

As páginas móveis aceleradas (AMP) são uma nova maneira de criar páginas móveis. É um formato criado e suportado pelo Google (e outras empresas).

As páginas AMP são carregadas mais rapidamente que as páginas HTML normais, mas há restrições quanto à funcionalidade que você pode usar.

Há um longo debate no setor de SEO sobre se você deve adotar o AMP em seu site.

Minha recomendação é avaliar implementar AMP, especialmente fazendo testes. Implemente em algumas páginas e veja se os cliques e impressões aumentam, com as conversões ainda em boa taxa.

Site com mais de um idioma

Os sites disponíveis em mais de um idioma devem ter as configurações de SEO necessárias definidas no código HTML, caso contrário, o Google poderá considerar o conteúdo traduzido como conteúdo duplicado.

Para mais detalhes, leia este guia do Google.

Arquitetura da informação

Independentemente do tipo de site, existem certos elementos comuns a todos, necessários para fins de SEO e uma boa experiência do usuário.

O que eu costumo verificar é o seguinte:

  • O site tem uma estrutura de conteúdo clara? O conteúdo está agrupado em categorias e páginas relevantes?
  • Possui contato, política de privacidade, isenção de responsabilidade e sobre a página?
  • Há páginas importantes vinculadas a partir da página da web?

4 – Auditoria de SEO onpage

Depois de concluir a auditoria técnica de SEO e corrigir todos os problemas, o próximo passo é lidar com o conteúdo do seu site.

O SEO onpage é a parte mais importante da auditoria de SEO. De fato, muitas auditorias cobrem apenas essa parte, mas nossa abordagem, conforme explicada acima, também é para verificar outras áreas.

O principal objetivo do SEO Onpage é ajudar os mecanismos de pesquisa a entender o significado do seu conteúdo.

Lista de verificação de auditoria de SEO na página

Como proprietário de um site, seu trabalho é fornecer aos rastreadores dos mecanismos de pesquisa os sinais certos, usando palavras-chave e outros elementos de SEO na página.

Otimize seus títulos e descrições

Os títulos e descrições são exclusivos para cada página e estão no tamanho especificado?

O usuário pode dizer a partir do título o que é a página e a descrição é um anúncio do que a página tem a oferecer?

Títulos com H1, H2, H3

Verifique se você não possui apenas texto simples em suas páginas.

Qualquer texto deve ser formatado corretamente usando H1 (para o título principal) e H2 (para os cabeçalhos principais), negrito e itálico para as partes importantes, listas quando necessário etc.

SEO de conteúdo

O conteúdo do seu site deve ser exclusivo. Você pode usar o copyscape para verificar a exclusividade de todas as suas páginas e, se encontrar conteúdo duplicado, precisará remover ou desindexar essas páginas.

Use o Google Analytics para encontrar as páginas mais populares (páginas de entrada e com mais visitas) e verifique se elas possuem conteúdo de alta qualidade (sem erros de ortografia e gramática, formatado corretamente, promovido adequadamente nas mídias sociais etc.).

Você também precisa verificar a duração e a atualização do conteúdo.

Se você tiver páginas com pouco ou nenhum conteúdo ou páginas com conteúdo semelhante, precisará mesclá-las usando os redirecionamentos 301.

Se o seu conteúdo for antigo ou desatualizado, crie um plano de publicação e verifique se o site é atualizado com frequência.

Você não precisa postar diariamente, mas precisa manter uma programação constante de lançamentos.

Links internos

Vincular suas páginas é útil para mecanismos de pesquisa e usuários.

Verifique e verifique se você está realmente vinculando páginas relacionadas, considerando estes 4 fatores:

  1. Você não está apenas usando o texto âncora da palavra-chave nos links internos, mas usa o título da página inteira e o texto âncora que não é de palavra-chave.
  2. As páginas que você deseja classificar melhor na pesquisa têm o maior número de links internos.
  3. As páginas que você deseja classificar melhor na pesquisa são vinculadas a partir da sua página inicial.
  4. Você tem entre 2 – 10 links internos por página.

Verificar SEO das imagens

As imagens são úteis para tornar uma página da Web mais fácil de ler e mais atraente para as mídias sociais (especialmente Pinterest e Instagram), mas podem funcionar contra seus esforços de SEO se aumentarem o tempo de carregamento de uma página.

Em geral, você precisa verificar três itens quando se trata de imagens:

  1. Os nomes de arquivos de imagem são descritivos para o que é a imagem. Você pode usar palavras-chave no nome do arquivo, mas não exagere.
  2. Todas as imagens precisam ter a tag ALT definida
  3. Todas as imagens são compactadas para minimizar seu tamanho. Se você estiver usando muitas imagens em suas páginas, considere usar uma rede de entrega de conteúdo (CDN).

Links quebrados

Links quebrados são ruins para a experiência do usuário e, portanto, não são bons do ponto de vista de SEO.

Existem 2 maneiras de verificar links quebrados:

  1. Use uma ferramenta como o Xenu para verificar todos os seus links externos. A ferramenta é gratuita e pode fornecer um relatório de todos os links quebrados. Você pode corrigi-los removendo-os completamente do seu site ou redirecionando-os para um URL válido.
  2. Use o relatório “Erros de rastreamento” no Google Search Console para encontrar links quebrados no seu site. Você também pode corrigi-los, corrigindo os links ou fazendo redirecionamentos 301 para um URL válido.

Excesso de anúncios

Alguns anos atrás, o Google começou a penalizar sites com muitos anúncios acima da dobra.

Embora eles não estejam especificando exatamente o que eles querem dizer com ‘muitos anúncios’, você pode usar este guia do AdSense para ter uma idéia do que é permitido e do que não é (mesmo se você não estiver usando o AdSense, os exemplos no guia ainda serão útil).

Se a implementação do seu anúncio não estiver de acordo com os padrões, você deverá remover ou alterar a posição dos anúncios.

Usabilidade e UX

Embora seja difícil julgar o que é um site fácil de usar e o que não é, pois isso depende do tipo de site e de como ele foi projetado, há algumas verificações que você pode fazer:

  1. O que acontece quando um usuário digita um URL errado? As 404 páginas são amigáveis?
  2. Os usuários podem encontrar o que desejam em menos de três cliques?
  3. Possui um menu principal claramente definido?
  4. Você consegue distinguir entre o conteúdo do site e os anúncios?
  5. Possui uma interface consistente em todas as páginas?
  6. Possui um mapa do site do usuário?

5 – Auditoria de SEO offpage

SEO offpage refere-se a métodos e técnicas que você pode usar para promover seu site na Internet. É geralmente chamado de edifício da ligação.

Os backlinks de SEO são considerados pelo algoritmo do Google como ‘votos de confiança’ e sites com backlinks de boa qualidade tendem a ter uma classificação mais alta nos resultados do Google.

O SEO offpage é importante, mas se você não tomar cuidado com o que está fazendo e se não souber exatamente o que está autorizado a fazer e o que não, também será muito arriscado.

Links de baixa qualidade podem ser uma boa razão para o Google penalizar seu site

Lista de verificação de SEO fora do site

Embora haja apenas 3 itens na lista de verificação, você precisa fazer uma análise antes de ter uma imagem clara do seu estado atual de SEO externo.

Avalie seus links recebidos e identifique links tóxicos

Você pode descobrir sobre os links recebidos usando uma ferramenta como SEMRUSH  ou o relatório “Links para o seu site” no console de Pesquisa do Google.

Ao revisar o relatório de links recebidos, responda às seguintes perguntas:

  • Quantos domínios exclusivos estão vinculados a você?
  • Quais desses domínios são considerados domínios confiáveis?
  • Quantos links estão apontando para sua página inicial e quantos links para suas páginas internas?
  • Qual das suas páginas tem os links mais recebidos?
  • Qual porcentagem dos links é baseada em palavras-chave?
  • Qual é a ‘pontuação tóxica’ de cada link?

Dependendo das respostas, você pode precisar executar algumas ações corretivas, para garantir que elas estejam incluídas no seu plano de ação.

Por exemplo, se apenas alguns domínios estiverem vinculados a você, você precisará obter links de domínios relacionados para criar uma lista de possíveis sites a serem usados ​​em blogs de visitantes ou campanhas de divulgação de blogueiros.

Se você não possui links de domínios confiáveis, precisa entrar em contato com os líderes de seu nicho e informar que eles existem (é mais fácil falar do que fazer, mas se você for notado pelos peixes grandes, terá mais chances de sobreviver). o pote).

Se todos os links estiverem apontando para sua página inicial, você precisará garantir que os links também estejam apontando para suas páginas internas. Você pode fazer isso removendo links da página inicial ou criando mais links para as páginas internas.

Se todos os links recebidos forem baseados em palavras-chave (e o Google ainda não o penalizar), você precisará alterá-los com urgência, tornando-os mais naturais usando apenas o seu nome de domínio, o título completo da postagem e coisas como ‘clique aqui’, ‘link’ etc.

Ao contrário do SEO no local, o SEO externo não é uma tarefa simples e é por isso que você precisa saber exatamente o que está fazendo.

Os links são importantes se você deseja uma classificação alta, mas realmente não precisa criar links como um louco.

Em vez disso, concentre seus esforços na criação de bons sites (com bom conteúdo) e os links fluirão naturalmente.

O que esperar de uma auditoria de SEO manual?

Auditorias manuais VS automatizadas

Pelo que você leu acima, é fácil entender o valor de uma auditoria manual versus uma auditoria automatizada realizada por uma ferramenta.

Uma ferramenta está executando uma auditoria com base em várias regras predefinidas e não possui a experiência e o conhecimento de um especialista em SEO .

Tendo uma revisão especializada, seu site tem várias vantagens adicionais. Se você quiser saber mais, consultemeus pacotes de serviços de auditoria em SEO .

O custo de uma auditoria manual é razoável e as recomendações são específicas para o seu site e não são genéricas como as produzidas usando uma ferramenta.

Você deve esperar três coisas:

  1. Uma descrição do estado atual do seu site – Esta é uma análise detalhada sobre o desempenho do seu site na pesquisa, mídia social, número de links internos / externos e qualquer outra informação relacionada ao estado existente do seu site.
  2. Uma lista de ações com base em uma lista de verificação de auditoria de SEO, juntamente com explicações para cada item da lista.
  3. Um relatório descrevendo uma estratégia completa de marketing na Internet para aproveitar todas as fontes de tráfego e oportunidades disponíveis na Internet e não apenas o SEO.

Conclusão

Para todos aqueles que chegaram a esse ponto, parabéns! Se você seguir as recomendações acima, é quase certo que você melhorará seus rankings e níveis de tráfego orgânico.

Se algo não estiver claro ou se houver um ponto que você não entendeu, informe-me nos comentários abaixo e ficarei feliz em responder.

Por Gustavo Rodrigues da Silva

É especialista em SEO e Ads. Trabalha a mais de 10 anos com comunicação, design e marketing. Oferece consultoria à diversas empresas e instituições com o objetivo de melhorar seus sites, presença online, entendendo a intenção e comportamento de buscas na internet e como criar os melhores conteúdos e resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *