Google, SEO e patentes EAT

Depois de compartilhar o artigo sobre conteúdo de qualidade, recebi algumas perguntas inbox sobre EAT. É algo que parece meio subjetivo, mas na verdade é um algoritmo trabalhando com lógica.

Elementos que indiquem Especialização, Autoridade e Confiabilidade de um site não são em si um fator de classificação, mas entram na leitura do Google.

Para ajudar nossa vida, Lily Ray compilou neste artigo patentes do Google que vão na direção do EAT. Vale ressaltar que é uma pista, pois não significa que o Google de fato utilize a tecnologia registrada na patente.

Veja algumas perguntas que o artigo faz:
– Como o Google determina o autor de uma página?
– O Google utiliza apenas o conteúdo e links da página ou relacioba outras coisas?
– O Google quais fontes para determinar as entidades?
– Como o Google sabe que alguém é um especialista de fato?
– O Google classifica um site como YMYL?
– Em que nível o Google “mede” o EAT?

Vale a pena a leitura para repensar, de forma mais ampla, seu posicionamento, linguagem, conteúdo e site.

https://www.searchenginejournal.com/how-e-a-t-works-google-patents/385562/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.